03Abr, 2014

Governo quer cobrar imposto de 9,25% sobre a soja

O governo federal pretende cobrar 9,25%, entre PIS e Cofins, sobre todo o complexo soja no Brasil. A tributação está embutida em uma medida provisória enviada ao Congresso Nacional nessa semana, já tramita em comissão mista especial e pode ir à votação no plenário na Câmara dos Deputados na próxima terça-feira (1º.04).

Se aprovada, a MP causaria um prejuízo de mais de R$ 6 bilhões na cadeia produtiva da oleaginosa. O aumento de custo para os agicultores seria de 1,60% de Programa de Integração Social (PIS) e 7,65% de Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS).

O setor reagiu com forte indignação. “Essa tentativa de argentinização, de taxar produtos, é totalmente descabida”, reclama o presidente da Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul(Farsul), Carlos Sperotto.

Glauber Silveira, presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja), também foi crítico da medida: “Isso significaria que pelo menos 4,5 milhões de toneladas virariam imposto para o governo”, denuncia.

Fonte: Agrolink. Acesso em 01 de abril de 2014 as 15h36. Disponivel em: http://www.agro.basf.com.br/agr/ms/apbrazil/pt_BR/content/APBrazil/tools/News/NoticiaDetalhe?CodNoticia=195417

Endereço

Avenida das Posses, 120
Bairro: Campos de Holambra
Paranapanema - São Paulo
aspipp@aspipp.com.br
FONE 14 | 3769.1788

Horário de Atendimento

Segunda a Sexta das:
07:30 – 12:00 / 13:30 as 17:00